Notícias


13 11 CentroClima Noticia AmazonieO Prof. Emílio Lèbre la Rovère concedeu entrevistas para as plataformas de notícias Usbek & Rica, em 30 de outubro, e Actu-Environnement, em 8 de novembro de 2018. As conversas foram sobre as ameaças ao meio ambiente brasileiro com a eleição do novo presidente.

Seguem abaixo as matérias em francês e os links para as plataformas.

Confira a entrevista para a Usbek & Rica aqui

Confira a entrevista para a Actu-Environnement aqui

28 09 Lima Noticia RioOilGasA Rio Oil & Gas Expo and Conference, promovida pelo IBP – Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis é o maior evento de Óleo e Gás da América Latina e é realizado a cada dois anos no Centro de Convenções do Riocentro, no Rio de Janeiro.

A edição deste ano ocorreu nos dias 24 a 27 de setembro de 2018 e teve como tema “Energia para transformar”, sintetizando o cenário de retomada da indústria, com a recuperação dos preços do petróleo e novos leilões previstos para 2018 e 2019.

O evento é consiste em um congresso, exposições e atividades paralelas, sendo uma delas o Fórum Downstream, um encontro de profissionais e empresas do segmento de downstream para debater o futuro do mercado, apontando desafios e possíveis soluções.

Nesse fórum, os pesquisadores do LIMA, Silvia Schaffel, Denise de Sousa e Emilio Lèbre La Rovere, participaram apresentando o trabalho “Integração da Precificação de Carbono na Estratégia das Empresas do Setor Petróleo e Gás no Brasil” no pavilhão 2. Além deste trabalho, o Professor Emilio também apresentou a palestra “A Avaliação Ambiental Estratégica Da Infraestrutura Do Futuro”.

Confira os trabalhos “Integração da Precificação de Carbono na Estratégia das Empresas do Setor Petróleo e Gás no Brasil” e “A Avaliação Ambiental Estratégica Da Infraestrutura Do Futuro”.

Confira o site oficial do evento aqui.

23 08 lima noticia 1simposiodeenergiaDesafios e Perspectivas da Matriz Energética Brasileira

Diferentes associações estudantis da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) se uniram para organizar o primeiro simpósio da de energia na universidade, nos dias 11, 12 e 13 de setembro. A iniciativa visa a preencher uma carência sobre o tema na instituição, e parte das entidades Seção Estudantil da Energia Nuclear (SEEN), Capítulo Estudantil SPE/UFRJ (Capítulo Estudantil da Society of Petroleum Engineers) e Capítulo PES (Power & Energy Society) do Ramo Estudantil do IEEE da UFRJ.

Alguns dos objetivos do evento são promover e disseminar a produção de conhecimento sobre energia e fomentar a formação de profissionais para o setor energético. Os grupos ainda se agregam à campanha “Essa Conta é de Todos”, da UFRJ, que visa à redução do desperdício de energia na instituição. Também se objetiva fortalecer o Fundo Verde de Desenvolvimento e Energia para a Cidade Universitária da UFRJ, o qual efetua melhorias em áreas de mobilidade, energia, redução do consumo de água e da geração de resíduos

O evento é interdisciplinar: fazem parte da organização estudantes da graduação e pós-graduação de Engenharia Elétrica, Química, Nuclear, de Materiais, de Petróleo e Ambiental.

Pré-evento

O evento é precedido de um pré-simpósio: uma série de atividades abordando o tema da energia que vêm acontecendo desde abril, como o Minicurso de Energia Solar realizado no mês de maio. Estão previstos, para Julho, uma visita técnica e um minicurso; em agosto um minicurso; e em setembro, o pré-evento de Conscientização com a campanha “Atitudes simples fazem a diferença”, além de palestra sobre a campanha “Essa Conta é de Todos”.

Serviço:

Data: 11, 12 e 13 de setembro de 2018
Local: Auditório do bloco A, Centro de Tecnologia (CT) da UFRJ

Mais informações:

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/simp%C3%B3sio-de-energia/
Facebook: https://www.facebook.com/simposiodeenergiaufrj/

Para saber mais, confira o site do evento aqui

21 09 Lima Noticia AlunoO artigo “Análise das ACV aplicadas na avaliação dos sistemas de geração de eletricidade em um contexto internacional e suas novas perspectivas” foi elaborado pelo aluno do doutorado, Mauricio Hernández, orientando do professor Emilio Lèbre La Rovere , e pela professora Alessandra Magrini do PPE. Os autores apontam como o principal objetivo da pesquisa estabelecer o estado atual do uso da ACV (Análise de Ciclo de Vida) na avaliação da geração de energia elétrica.

O XI CBPE ocorreu nos dias 11 a 14 de setembro de 2018 em Cuiabá, MT, e teve como tema central “Desafios e oportunidades do Planejamento Energético diante das mudanças nos cenários nacional e internacional”. Os organizadores do Congresso acreditam que ele possibilita reflexões sobre o setor energético brasileiro que vem passando por alterações que poderão ser aprofundadas num futuro próximo.

Confira o resumo do artigo:

“Nas últimas décadas, o consumo de energia elétrica e, portanto, a sua geração aumentou significativamente. Este aumento tem potencializado os efeitos e impactos sobre o meio ambiente. A Análise de Ciclo de Vida (ACV) é um dos instrumentos de gestão ambiental de iniciativa privada que vem sendo usado para avaliar os sistemas de geração de energia elétrica. O principal objetivo da presente pesquisa é estabelecer o estado atual do uso da ACV na avaliação da geração de energia elétrica. Com base na revisão sistemática de trabalhos desenvolvidos em diferentes regiões do mundo, faz-se uma análise de trabalhos internacionais de ACV aplicados a estes sistemas, considerando-se diferentes fontes geradoras. Neste contexto, são analisados os parâmetros da ACV para determinar as principais diferenças em suas aplicações e determinar pontos fracos no seu desenvolvimento. Também são identificados os aspectos e impactos ambientais mais relevantes do ciclo de vida da geração de eletricidade. Finalmente, são estudadas novas perspectivas e abordagens metodológicas para o uso da ACV na avaliação desta atividade.”

Para ver o artigo na íntegra, clique aqui

Para conferir a apresentação, clique aqui

Para saber mais sobre o congresso, clique aqui.

noticia1 Revista Renewable  Sustainable Energy ReviewsOs pesquisadores do LIMA Carolina Grottera e Amaro Pereira publicaram o artigo denominado "Linking electricity consumption of home appliances and standard of living: A comparison between Brazilian and French households" na revista internacional Renewable & Sustainable Energy Reviews. O artigo é fruto do projeto ECOPA - Evolution of consumption patterns, economic convergence and carbon footprint of development: a comparison Brazil-France. É uma parceria do CIRED, do IEE - Instituto de Energia e Ambiente - USP e do Centro Clima, com financiamento da Agence nationale de la recherche (ANR/França) e da FAPESP.

Confira mais informações sobre o artigo:

Highlights

• Income of 10% poorest households in France was 10.4 times higher than in Brazil.
• Income of 10% richest households in France was 2.6 times higher than in Brazil.
• Electricity requirements are similar for 10% richest households in Brazil and France.
• Appliance penetration saturates for lighting, fridge and TV in Brazil and France.
• Household electricity requirements for appliance usage converge.

Abstract

Solutions based exclusively on technology are unlikely to fully deliver a transition towards a low-carbon society. Shifts in consumption patterns and lifestyles associated with technological solutions are essential to achieve safe GHG concentration levels. Considering households' consumption patterns, residential electricity consumption represents a major issue, as it is closely related to lifestyle choices and living standards. In this context, this paper discusses how specific electricity requirements may vary across different deciles of living standard in Brazil and France. The present evaluation is based on specific electricity consumption and its corresponding carbon dioxide emissions for different home appliances used for food conservation, lighting, daily chores (e.g. cloth washing), as well as information and leisure. Results ratify, on the one hand, the significant income gap existing between French and Brazilian households. On the other hand, they show that differences regarding specific electricity requirements in the two countries are lower than intuitively expected. Hence, they evidence a converging trend in electricity requirements between the two countries, especially among higher income deciles.

Para ler o artigo completo, clique aqui.

Topo